O que é Aquaponia?

Vamos dar 3 palavras para você: AquaRio, aquicultura e hidroponia. O que elas têm a ver? É que, juntas, caminham para uma prática essencial de sustentabilidade. Com isso, o AquaRio, sendo o maior aquário marinho da América do Sul, está se inovando mais uma vez. Com uma pitada de pioneirismo, a equipe de biologia produziu um sistema de Aquaponia, visto pela primeira vez em um aquário brasileiro. Mas, afinal, você pode estar se perguntando: o que é, como funciona e quais são os benefícios da Aquaponia? O AquaRio conta tudo sobre esse projeto incrível!

O que é Aquaponia?🤔

A Aquaponia, basicamente, é um sistema que junta elementos da aquicultura e da hidroponia. A aquicultura é comumente conhecida pela utilização de técnicas para criação de peixes e organismos aquáticos. Por sua vez, a hidroponia se define pelo cultivo de plantas sem a utilização do solo, com o uso de uma solução nutritiva.

Preparamos um vídeo incrível em que a equipe explica tudo para você:

Como funciona uma Aquaponia?

Para o funcionamento desse sistema, aqui, no AquaRio, a equipe de Biologia, mais precisamente a equipe de manejo, faz, simultaneamente, em um mesmo sistema, o cultivo de pescado (camarões de água doce, peixes tilápias e molinésias) e o cultivo de hortaliças e tubérculos – caules de plantas que ficam abaixo do solo – como beterrabas e cenouras.

Todas essas hortaliças e tubérculos, depois, são utilizados para a própria alimentação de algumas espécies de peixes e animais marinhos que vivem nos 28 recintos espalhados pela nossa atmosfera marinha. Quem aí já teve a sorte de ver os animais se alimentando durante a visitação? 😉

A ideia de uso dessa técnica no maior aquário marinho da América do Sul surgiu a partir da necessidade de implementar melhores práticas de sustentabilidade e responsabilidade com a biodiversidade, estando alinhado a alguns dos nossos pilares. Um outro fator que também foi decisivo foi o objetivo de sempre garantir aos seres marinhos que aqui vivem (ao todo, são mais de 5 mil) as melhores condições de bem-estar animal.

Bem-estar animal

A alimentação dos animais marinhos, sendo a mais natural possível, por meio dos próprios alimentos 100% orgânicos que são produzidos aqui (sem uso de agrotóxicos, fertilizantes ou produtos que possam ser prejudiciais aos animais), é uma forma de garantir o bem-estar animal.

O resultado é um sucesso: quando colocados nos tanques do circuito de visitação, após o seu cultivo na sala de cultivo, os alimentos atraem verdadeiros cardumes em busca deles. A ação logo de cara chama atenção dos visitantes e captam olhares curiosos que admiram a vida marinha. Uma atração incrível, não acham?

Com a produção dessas hortaliças aqui, há uma disponibilidade maior de variedades para a alimentação dos animais. As hortaliças são tão bem recebidas que são consumidas pelos seres marinhos até o talo, evitando desperdício e possíveis sujeiras nos tanques de vivência.

Como é construída uma Aquaponia?

Dentro do AquaRio, existem instalações que foram projetadas para desenvolvimento de técnicas e pesquisas científicas em prol da conservação da vida marinha. O sistema de Aquaponia do AquaRio foi instalado em um dos laboratórios e conta com o trabalho constante dos profissionais da Biologia.

Para o funcionamento de cada sistema, é usada uma caixa d’água comum que recebe água e os seus moradores (peixes e animais marinhos). Nela, é instalada uma bomba que garante a circulação da água. A bomba puxa a água que sobe e chega na caixa onde tem o substrato, dentro da cama de cultivo.

A cama de cultivo, por sua vez, contém todo o substrato utilizado para purificar a água do sistema de Aquaponia e nela estão plantadas as mudas. Ali, as plantas absorvem todos os nutrientes que precisam para se desenvolver. Elas fazem dos dejetos, as próprias fezes dos peixes, seus próprios alimentos, por meio da transformação da amônia em nitrato, que é altamente nutritivo para elas e garante o seu crescimento.

Posteriormente, a água já purificada volta para a caixa onde ficam os peixes e os seres marinhos por meio de um cano instalado. Todo esse sistema garante a reutilização de água. A cama de cultivo e as raízes das plantas servem para purificação dessa água, que volta bem mais limpa para os animais.

Atualmente, o projeto está em fase de estruturação de produção interna das nossas próprias mudas e, posteriormente, a produção de nossas próprias sementes. Felizmente, os passos iniciais se mostram bastante positivos.

Benefícios

Algum dos benefícios da Aquaponia, tanto para o AquaRio como para a conservação da biodiversidade, vêm do sistema fechado com reutilização de água que garante que não existam gastos a mais e que não exista desperdício de alimentos. Um outro ponto que merece destaque é que o sistema contribui para a diminuição dos impactos que são vistos na natureza pela utilização da agricultura tradicional. É sustentável que fala, né?

Reconhecimento e futuro

O AquaRio se tornou referência para outras instituições que desejam ter o mesmo sistema de Aquaponia. Algumas delas procuraram a equipe de manejo para aprender sobre as técnicas usadas por aqui, com a intenção de levar seus próprios projetos adiante. 

Nayara Gomes, participante da equipe de Manejo e uma das responsáveis pelo trabalho junto a Tiê Ferreira e Rayssa Vieira, contou um pouco mais sobre o que se espera para o futuro desse projeto incrível:

“A gente tem uma visão de projeto que podemos transformar esse início para outros parques. Podemos produzir alimento para todo o público, não só para os animais, uma vez que temos serviços de restaurantes e vendemos salada. Quem sabe, futuramente, quando expandirmos o sistema de Aquaponia dentro do AquaRio, nós mesmos possamos produzir esse alimento que é vendido aqui.”

Continuando os trabalhos

O AquaRio é o maior aquário marinho da América do Sul e continua com os seus trabalhos para continuar honrando esse título que recebeu. Com os seus pilares de conservação da vida marinha, educação ambiental e pesquisa científica, investe, fortemente, em atividades que tenham impacto positivo na biodiversidade marinha e na vida dos visitantes que, diariamente, se divertem no nosso circuito de visitação.

Aqui, são encontradas mais de 350 espécies marinhas que, ao todo, são contabilizadas em mais de 5 mil animais! Um número surpreendente!

Que tal conferir de pertinho todos os nossos trabalhos e a beleza da vida nos mares? Esperamos vocês de braços abertos nessa verdadeira experiência imersiva!

Clique e garanta, agora mesmo, o seu ingresso para o maior aquário marinho da América do Sul!