Mais plástico do que peixes nos oceanos? O AquaRio te explica!

Em 2016, o Fórum Econômico Mundial de Davos, responsável por discutir questões urgentes enfrentadas mundialmente, incluindo saúde e meio-ambiente, anunciou que em 2050 os oceanos abrigarão mais plásticos do que peixes.

Essa conclusão tem como base um estudo da fundação da reconhecida velejadora britânica Ellen MacArthur, em parceria com a consultora McKinsey. Segundo o relatório, a proporção entre as toneladas de plástico e as toneladas de peixe registradas nos oceanos era de 1 para 5 em 2014. Em 2025, será de 1 para 3 e em 2050 irá evoluir de 1 para 1.

Como mudar esse quadro?

O fórum estima necessária “uma refundação total das embalagens e dos plásticos em geral” e a busca por alternativas ao petróleo como material de base para sua produção – pois, caso nada mude, o plástico representará 20% da produção petroleira em 2050.

Embalagens com cara nova

Buscando diminuir a produção de plástico, a Asserj – Associação de Supermercados do Rio, lançou a campanha “Desplastifique Já”, que tem como objetivo retirar 3 bilhões de sacolas plásticas, por ano, de circulação nas ruas do Rio de Janeiro.

Nesta semana, entra em vigor a lei que proíbe a venda e o oferecimento de sacolas descartáveis ou de uso único nos estabelecimentos comerciais do estado.

O diretor-presidente do AquaRio, Marcelo Szpilman, apoiou e elogiou a campanha. Segundo ele, as sacolas plásticas são as maiores vilãs dos oceanos, responsáveis pela morte de milhares animais marinhos todos os dias.

“O problema do plástico é o seu descarte errado. Essas sacolas vão parar nos oceanos e são engolidas por peixes, tartarugas, golfinhos, que acabam morrendo sufocados ou de inanição. Esse plástico, quando engolido, não é digerido e acaba impedindo os animais de se alimentarem”, explicou Szpilman, que aboliu o uso de material plástico no AquaRio.

Marcelo Szpilman no lançamento da campanha Desplastifique Já.

Para ver a campanha de pertinho aqui no AquaRio clique aqui!

Veja os melhores momentos da coletiva:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

12 respostas

  1. Deveriam lançar campanha também pela proibição do uso da garrafa pet, voltando o uso de garrafas de vidro retornáveis. Copinhos de refresco também deveriam ser proibidos, pois as pessoas não descartam de maneira correta e não reciclam.

  2. Ola,
    Meu nome é Luis Fernando, sou do Rio Grande do Sul e em ferias no Rio de Janeiro, pude constatar o quanto o Rio é lindo.
    Parabenizo a associação dos supermercadistas pela campanha e ao AquaRio, na pessoa do Sr Marcelo Szpilman, pela atitude de abolir o uso do plastico neste loal que sem duvida tem a maior concentração de especies de animais marinhos em exposição da America do Sul.
    Exemplo como este, não poderia deixar de partir desta entidade que preza por expor a todos a importância dos seres Marinhos e Oceanos.
    Mesmo que aqui no sul não tenhamos campanhas que visem esta concientização, se existe desconheço, eu faço a minha parte reciclando o meu lixo domestico e evitando o uso do plastico.
    Se cada um fizer a sua parte, ou um pouquinho dela que seja, num futuro não muito distante teremos um mundo mais limpo e sustentável.
    Parabéns!!

  3. Isso é um absurdo. Não adianta só acabar com as sacolas plásticas. Tem que acabar com as embalagens plásticas em geral. Vamos voltar ao velho vidro.e pspelao, que são duráveis e no caso do pspelao, dilue mais rápido. Força na campanha. Sou solidário.

  4. Es súper importante ya no utilizar plásticos desechables ya no .as contaminación para nuestro planeta en general, es muy peligroso sobretodo para la fauna del mar. Gracias por involucrarse de lleno en este cambio, npahicieramos

  5. É preciso Educar maus a população. Não somente as crianças e jovens em período escolar, precisa focar URGENTEMENTE no público adulto. Gestores do lar. Que são os responsáveis pelo descarte adequado dos resíduos.

  6. Sempre fui preocupada com o meio ambiente, moro em olaria bairro do RJ, toda segunda feira passa um caminhão da prefeitura recolhendo só lixo recicláveis, deixamos tudo separados e limpos. No lugar da lixeirinha de pia, uso as folhas dos encartes de propagandas das lojas ,sempre ando com minhas sacolas para o mercado. Mas tem as hastes de cotonetes, o canudo que vem no leitinho e sucos infantis,copos descartaveis que devemos concientizar a população de carregar o seu copo , os sacos plásticos que colocamos os legumes.Se cada um fizer a sua parte vamos conseguir melhorar o nosso planeta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.